Cancella em Tempo de Notícias
Papa Francisco diz que 2020 poderá ser o ano da concretização do desarmamento nuclear
Divulgação/Reprodução

Em seu discurso de Ano-Novo nesta quinta-feira (09), o pontífice, voltado aos embaixadores no Vaticano, comentou a visita que fez a Nagasaki e Hiroshima no mês de novembro. Francisco foi o primeiro chefe da Igreja Católica Romana a visitar o Japão em 38 anos.

Ele disse que as histórias que ouviu dos sobreviventes das bombas atômicas lançadas naquelas cidades renovaram seu desejo de conseguir um mundo sem armas nucleares. Acrescentou que se tornou claro para ele que a verdadeira paz não pode ser obtida enquanto existirem armas nucleares.

O papa observou que este ano será vital para a concretização de um mundo sem armas nucleares, uma vez que a conferência para a revisão do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, que é realizada a cada cinco anos, acontecerá entre abril e maio. Ele expressou esperanças de que a comunidade internacional chegue a um firme acordo para implementar o tratado.

Fonte – Agência Brasil

Leia também
Justiça

Vítimas de violência doméstica poderão fazer denúncia em farmácias

Uma campanha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) pretende incentivar …

Há 6 meses atrás - 397
Direitos Humanos

Sedese apoia campanha nacional contra trabalho infantil

Começa nesta quarta-feira (3/6) a edição 2020 da Campanha Nacional contra o Trabalho Infantil. Em Minas Gerais, a …

Há 6 meses atrás - 347
Esportes

Manifestações contra o racismo repercutem no mundo do esporte

A morte do norte-americano George Floyd, no dia 25 de maio, e as manifestações contra o racismo nos …

Há 6 meses atrás - 788